SQDC: Adote esse Mantra Corporativo

Segundo o dicionário Michaelis, o mantra representa, no budismo e no hinduísmo, uma fórmula de força transcendente que, entoada repetidamente, tem o intuito de trazer proveitos psíquicos e espirituais. Por extensão, estamos abordando, aqui, o SQDC como um mantra corporativo, ou seja, uma fórmula simples e fácil de lembrar, e que praticada cotidianamente pode trazer proveitos para as pessoas e o negócio. Como? O SQDC procura orientar, através de uma escala de priorização, em relação aos principais critérios de como os processos devem ser operacionalizados. Os 4 critérios  principais são (Inglês/Português): Safety/Segurança, Quality/Qualidade, Delivery/Despacho, e Cost/Custo.

Não conheço a origem precisa do termo, mas, a primeira vez em que eu o ouvi foi em 2003. Na verdade, o termo era PQDC (onde hoje lemos “Safety”, era “People”), e eu o conheci através de um diretor de Operações da matriz da Organização onde eu trabalhava na época. A Organização era inglesa, mas o diretor era americano. Acredito que, com o tempo, o termo People/Pessoas foi substituído por Safety/Segurança, talvez por uma questão de objetividade, pois ele era muito amplo. Se falamos em People/Pessoas, deveríamos falar em Product/Produto, e assim por diante, por uma questão de coerência. Mas, dessa forma, parece que perdemos um pouco da clareza e assertividade. Devida a isto (e isto é apenas uma inferência minha), penso que se passou a utilizar o termo Safety/Segurança, formando o acrônimo (SQDC) que é, hoje, bastante conhecido.

Significado

Safety/Segurança: aqui zelamos pela segurança das pessoas, e, considerando o nível de priorização, nenhum trabalho, seja buscando qualidade, entrega, ou eficiência do custo, pode por em risco a integridade física dos trabalhadores. Além disso, Safety/Segurança também deve nos indicar zelar pela segurança patrimonial, e do meio ambiente.

Quality/Qualidade: uma vez que trabalhamos com segurança, devemos buscar a melhor qualidade possível do produto ou serviço. Isto implica em garantir que os requisitos de projeto e fabricação sejam atendidos, mas também que o suporte ao cliente, todos os seus aspectos, proporcione uma experiência satisfatória.

Delivery/Despacho: se garantimos segurança e qualidade, nosso próximo objetivo é garantir a entrega (lembrando que usamos a palavra “despacho” apenas para manter o mesmo acrônimo SQDC em português, a melhor palavra a ser utilizada é, sem dúvida, “entrega”). Não vejo problema, caso queira adotar o acrônimo SQEC, por conta disso.

Cost/Custo: nesse item cuidamos do aspecto financeiro do negócio, pois a Organização, para se perpetuar, deve ser rentável e lucrativa. Por isso, é importante acompanhar os seus indicadores, como por exemplo: produtividade, giro de estoque, horas extras, eficiência de produção, etc.

Embora nem todas as Organizações o façam, o SQDC deve figurar entre os valores corporativos, tornando claro e visível a todos quais são os critérios considerados importantes (assim como, sempre é bom lembrar, não podem faltar os princípios morais, pois são a base do terreno onde se constrói qualquer obra). Por isso, adote você também, na sua Organização, o mantra SQDC e alcance seus benefícios!


Comunicar Erro: Clique Aqui!


Autor: Rodrigo Vargas – Engenheiro mecânico (UFPR), pós-graduado em engenharia de man. mecânica (UFPR), pós-graduado em gestão empresarial (FGV), com mais de 17 anos de experiência em ambiente industrial, sendo mais de 13 anos ocupando cargos de gestão na indústria automotiva e eletroeletrônica; compartilhando conhecimento sobre gestão, há mais de 10 anos, através do portal GestaoIndustrial.com.


Copyright © 2009-2018 – Rodrigo Vargas e seus licenciantes - Material protegido - Para usos permitidos consulte os Termos de Uso. Infrações à lei e a estes Termos podem sofrer as penalidades cabíveis, na esfera civil e criminal.