Logística

Uma área pra lá de estratégica!

Introdução

A Logística Industrial, que é o nosso foco aqui, é composta tipicamente pelos atividades de transportes (recebimento, envio, retorno, gestão de frota), almoxarifado (manuseio, recebimento, armazenagem, abastecimento de linha, expedição), planejamento logístico, gestão de inventário, planejamento da demanda, programação de produção e eventual gestão de provedores terceirizados de serviços logísticos. A Logística pode incluir também o processo de compras e desenvolvimento de fornecedores, isso varia de Organização para Organização. A Logística está envolvida em todos os níveis de planejamento e execução, no âmbito operacional, tático e estratégico. A gestão logística é a função integradora, que coordena e otimiza as atividades logísticas com as outras funções, como marketing, vendas, manufatura, finanças, e tecnologia da informação.

Como curiosidade, a Fiesp (http://www.fiesp.com.br/transporte-e-logistica/, 17/04/2014) define Logística como sendo o “Processo de planejar, implementar e controlar eficientemente, ao custo correto, o fluxo e armazenagem de matérias-primas e estoque durante a fabricação de produtos acabados, e as informações relativas a essas atividades, desde o ponto de origem até o local de consumo, visando atender aos requisitos do cliente.”

A definição do gestaoindustrial.com é a seguinte: “Logística é a movimentação de materiais de forma coordenada, desde o fornecedor até o cliente final, com o objetivo de satisfazer as expectativas dos envolvidos, considerando a missão, visão e valores da Organização.”

Ou ainda, resumidamente, a “Logística deve movimentar adequadamente quantidades específicas de materiais, num determinado período de tempo.

Como a Logística cria valor para a Organização?

Basicamente de 4 maneiras:

  • Valor de Tempo: transportes, movimentações, e otimização de fluxos
  • Valor de Espaço: otimização de armazenagem, correto planejamento de materiais
  • Valor Financeiro: estoques, negociação de contratos,
  • Valor de Informação: sistemas de controle (ERP, MRP, WMS, etc)

O Mercado Logístico Industrial no Brasil

Qual é o volume financeiro envolvido na Logística?

Vamos fazer uma análise do macro cenário, partindo de uma visão global do PIB para chegarmos a uma visão específica do mercado logístico industrial no Brasil.

Vamos dar uma olhada no cenário econômico brasileiro, observando os números do PIB e sua composição, com especial atenção à participação da indústria:

Vamos calcular, então, o tamanho do mercado da logística industrial no Brasil. Utilizemos o ano de 2014 como exemplo, pois é mais representativo de uma média dos últimos anos. Considerando que, nesse ano, o PIB brasileiro foi de 2,4 trilhões de dólares, segundo dados publicados pelo Banco Mundial, e considerando que a participação da indústria no PIB em 2014, segundo o IBGE, foi de 23,8%, temos que o PIB gerado pela indústria em 2014 foi de 571 bilhões de dólares.

Segundo estudos do Centro de Logística do Coopead (UFRJ), tendo o ano de 2004 como referência, o percentual do custo Logístico no Brasil em Relação ao PIB era de 12,6%. Estudos do Instituto de Logística e Supply Chain, de 2011, apontam um custo logístico brasileiro de 10,6% do PIB (2010), e um custo logístico de 7,7% do PIB (2010) para os Estados Unidos. Isto posto, podemos adotar 12% como o custo logístico no Brasil, para nosso cálculo estimado. Dessa forma, partindo dos 571 bilhões de dólares, chegamos a um valor de 68 bilhões de dólares como sendo um valor estimado do mercado logístico no Brasil.

TAMANHO ESTIMADO DO MERCADO DA LOGÍSTICA INDUSTRIAL NO BRASIL = 68 USD Bi / ANO

 

Veja abaixo, os maiores PIBs do mundo:

OS MAIORES PIBS DO MUNDO EM 2012

(em trilhões de USD)

Estados Unidos 15,7
China 8,3
Japão 6,0
Alemanha 3,4
França 2,6
Reino Unido 2,4
Brasil 2,4
Itália 2,0
Índia 2,0
Canadá 1,8
Mundo 71,2
Baseado no câmbio – Fonte: CIA – The World Factbook – 2013

 

OS MAIORES PIBS DO MUNDO EM 2013

(em trilhões de USD)

PAÍS Baseado no câmbio Baseado na paridade do poder de compra
Estados Unidos 15,7 16,7
China 9,3 13,4
Japão 5,0 4,7
Alemanha 3,6 3,2
França 2,7 2,3
Reino Unido 2,5 2,4
Brasil 2,2 2,4
Itália 2,1 1,8
Rússia 2,1 2,6
Canadá 1,8 1,5
Índia 1,7 5,0
Mundo 74,3 87,3
Fonte: CIA – The World Factbook – 2013

Logística Industrial

A Logística Industrial é composta pelos processos de planejamento de materiais, armazenagem, programação de produção, planejamento logístico e transportes. Analisando como áreas industriais, o organograma abaixo representa uma visão típica de como a Logística se organiza. Existem, obviamente, variações de empresa para empresa, de acordo com as características específicas de cada uma. A área de Compras, por exemplo, pode estar inserida como sendo parte da Logística, pois isso ocorre em várias situações, ou não, reportando diretamente à Gestão Industrial. Veja mais informações na página sobre Estrutura Organizacional.

Para mais informações sobre as áreas de Planejamento de Materiais (também chamada de PCM) e de Programação de Produção (PCP), consulte as seguintes páginas: Planejamento de Demanda, Política de Estoques, Manufacturing Resources Planning, Comércio Exterior. Para conhecer os vários meios de transportes e suas características, consulte a página Transportes.