Contabilidade Gerencial

Para analisar com critério e informação!

Introdução

Existem alguns conceitos e alguns indicadores financeiros e contábeis que o Gestor Industrial deve compreender para melhor administrar, contribuindo na gestão orçamentária, de custos, e contábil, sugerindo ações e identificando oportunidades. Existem muitos indicadores, assim com na área Industrial e, da mesma forma, devemos buscar aqueles que estejam mais alinhados com a estratégia da Organização e seus objetivos, lembrando que o lucro e o fluxo de caixa, são fundamentais para a perpetuidade do negócio. Adiante veremos alguns bons indicadores que, muito provavelmente, são úteis para a maioria das Organizações Industriais.

Alguns Conceitos Financeiros Importantes

WORKING CAPITAL (WC): É a medida da capacidade de se manter a operação da Organização, cumprindo-se com os compromissos do curto prazo (menos de um ano). É um importante indicador do nível de saúde financeira da Organização.

WorkingCapital (WC) = Ativo Circulante – Passivo Circulante

WC = (caixa+recebíveis+estoques) – (compromissos de curto prazo)

O valor do WC por si só não diz muita coisa, é preciso analisá-lo na linha do tempo e ver sua tendência (crescimento ou redução).

TAXA do WC: A taxa do WC nos dá uma visão mais clara para análise. A taxa do WC é a razão entre ativo circulante e passivo circulante.

Taxa do WC = ativo circulante / passivo circulante

Como analisar a taxa do working capital (razão entre o ativo circulante e o passivo circulante)?

Um valor abaixo de 1 para a taxa do WC pode representar problema, pois significa que o passivo circulante é maior que o ativo circulante. No entanto, um valor maior que 2 pode significar um excesso de inventário, ou um excesso de caixa não investido. Pode-se dizer que um valor entre 1,2 e 2 seja o mais indicado para a operação.

CICLO FINANCEIRO (CF): É um índice que serve para identificar o perfil do negócio em termos de tempo entre o pagamento de uma mercadoria, ou matéria-prima, e o recebimento do dinheiro pela venda do produto. Também é chamado de ciclo de caixa. Se o prazo médio de recebimento (PMR), ou o prazo médio dos estoques (PME) for muito alto, será esperado um ciclo muito alto, ou seja, a operação precisa ser financiada, ou por capital próprio, ou por capital de terceiros (dinheiro de bancos, por ex.), isto dependerá da situação do fluxo de caixa. Já, ao contrário, se o prazo médio de pagamento (PMP) for alto, tende a ser benéfico para a Organização, reduzindo o ciclo financeiro. Muitas empresas acabam em sérias dificuldades financeiras por desconhecer completamente as características de seu ciclo financeiro:

CF = PMR + PME – PMP

O PME representa o Ciclo Econômico (CE) e a soma do PMR mais o Ciclo Econômico representa o Ciclo total, chamado de Ciclo Operacional (CO):

CE = PME            CO = PME + PMR

Vejamos, abaixo, uma representação gráfica, para facilitar o entendimento dos conceitos:

PONTO DE EQUILÍBRIO: no ponto de equilíbrio temos que o lucro é igual a zero. A fórmula do lucro é: L = Q(PVu-CVu) – CF, sendo o Q=quantidade, PVu = preço de venda unitário, CVu = custo de venda unitário, e CF = custo fixo e despesas.

Ou seja, quando o L = Q(PVu-CVu) – CF = zero => Q = CF / (PVu-CVu)

Índices de Desempenho

  1. Índices de Liquidez

1.1. LIQUIDEZ GERAL = (DISPONÍVEL + REALIZÁVEL LP) / EXIGÍVEL (CP + LP)

1.2. LIQUIDEZ CORRENTE = ATIVO CIRCULANTE / PASSIVO CIRCULANTE

1.3. LIQUIDEZ SECA = (ATIVO CIRCULANTE – ESTOQUES) / PASSIVO CIRCULANTE

  1. Índices de Rentabilidade

2.1. RETORNO DO ATIVO = LUCRO / ATIVO TOTAL

2.2. RETORNO SOBRE VENDAS = LUCRO / VENDAS

2.3. RETORNO SOBRE PATRIMÔNIO = LUCRO / PATRIMÔNIO LIQUIDO

2.4. RETORNO SOBRE INVESTIMENTOS = LUCRO / INVESTIMENTOS

  1. Índices de Rotação

3.1. ROTAÇÃO DOS ESTOQUES = VENDAS / ESTOQUE MEDIO

3.1.1. DIAS DE ESTOQUE = 360 DIAS / ROTAÇÃO DOS ESTOQUES

3.2. ROTAÇÃO DO CONTAS A RECEBER = VENDAS / DUPL. A RECEBER MÉDIO

3.2.1 DIAS DE CREDITO = 360 DIAS / ROTAÇÃO DO CONTAS A RECEBER

3.3. ROTAÇÃO TOTAL = VENDAS / ATIVO TOTAL MÉDIO

  1. Índices de Endividamento

4.1. ÍNDICE DE ENDIVIDAMENTO CAPITAL PRÓPRIO = PATRIMÔNIO / EXIGÍVEL TOTAL

4.2. ÍNDICE DE ALAVANCAGEM GERAL = PASSIVO TOTAL / PATRIMÔNIO LIQUIDO

4.3. ÍNDICE DE ALAVANCAGEM BANCÁRIA = PASSIVO COM BANCOS / PATRIMÔNIO LIQUIDO

Onde CP=curto prazo e  LP=longo prazo