Meta Implícita: Quando Usar?

Meta Implícita: Quando Usar?

A menos que haja comprometimento, há apenas promessas e esperanças … mas não há planos.

Peter Drucker

Meta implícita é um recurso de gestão utilizado para buscar engajamento das pessoas a um objetivo específico, embora sem atribuir uma meta numérica específica. Veja que, ainda que não haja uma meta numérica específica, o objetivo deve ser claramente estabelecido, e a forma de consegui-lo também. Assim todos os envolvidos saberão como adotar uma postura de comprometimento com o objetivo proposto. Dessa forma, a meta implícita é um recurso de gestão que pode ser utilizado quando se quer obter comprometimento das pessoas e mudança de comportamento, porém, não se pode, ou não se quer estabelecer uma meta numérica específica; ou porque não há informações suficientes, ou porque não seja ainda apropriado naquele momento.

Um Exemplo Interessante

Em uma academia de musculação que queria reduzir o consumo de copos plásticos foi utilizada a meta implícita com sucesso. Iniciou-se em Novembro, com um aviso informando o consumo de copos plásticos de Outubro (2.254), solicitando consumo consciente (colaborando com o meio ambiente) e convidando os alunos a trazerem suas próprias garrafas plásticas. Veja que, embora não tenha sido dada qualquer meta, o próprio número apresentado acaba servindo como um parâmetro inicial, uma referência do que parece não ser um bom resultado.  Já no mês seguinte, em Novembro, o consumo caiu 14%. Em Dezembro, caiu novamente mais 14%, e, em Janeiro, caiu mais 25%. Apesar de terem sido meses de muito calor e, portanto, maior consumo de água, houve redução no consumo de copos. A redução acumulada nos três  meses em questão foi de 44,5%, mostrando que a iniciativa e forma de aplicação da meta implícita foi muito interessante.

Vantagens e Desvantagens da Meta Implícita

Algumas das vantagens em se adotar a meta implícita são proporcionar uma conscientização orgânica, não atrelada a nenhuma meta oficial; testar a capacidade de comprometimento do pessoal em relação à questão proposta; criar um ambiente favorável à causa, através de uma meta implícita e, consequentemente, uma cobrança implícita de resultados. Por outro lado, posso destacar uma desvantagem, que é o fato de não poder atrelar os resultados a uma avaliação formal, justamente por não haver metas específicas. “Ah, mas se eu solicitar uma redução de 10% em cima do número inicial?” Ora, aí já não é meta implícita, pois está sendo especificada claramente a meta. Como já disse no início, o foco da meta implícita é buscar engajamento orgânico (natural) das pessoas a um objetivo específico, ainda que não se esteja atribuindo uma meta numérica específica.


Comunicar Erro: Clique Aqui!


Autor: Rodrigo Vargas – Engenheiro mecânico (UFPR), pós-graduado em engenharia de man. mecânica (UFPR), pós-graduado em gestão empresarial (FGV), com mais de 17 anos de experiência em ambiente industrial, sendo mais de 13 anos ocupando cargos de gestão na indústria automotiva e eletroeletrônica; compartilhando conhecimento sobre gestão, há mais de 10 anos, através do portal GestaoIndustrial.com.


Copyright © 2009-2019 – Rodrigo Vargas e seus licenciantes - Material protegido - Para usos permitidos consulte os Termos de Uso. Infrações à lei e a estes Termos podem sofrer as penalidades cabíveis, na esfera civil e criminal.