Disciplina é Liberdade!

Disciplina é Liberdade!

Renato Russo, vocalista da banda Legião Urbana, escreveu, na última estrofe da letra da música “Há Tempos”, os seguintes versos: Disciplina é liberdade, Compaixão é fortaleza, Ter bondade é ter coragem. Confesso que não sei o sentido exato que ele quis dar a isso, porque nunca o ouvi falar sobre essa letra, mas eu interpreto, de forma muito clara, que há uma associação positiva da palavra “disciplina” com a palavra “liberdade”. E por que “disciplina” se relaciona com “liberdade”? Porque, na minha visão, a disciplina, entre outras coisas, facilita a gestão do tempo, e favorece a organização, competências que levam a pessoa a ser mais dona de si, e, portanto, ter mais liberdade.

Onde Há Sabedoria, Há Disciplina, Onde Há Disciplina, Há Resultado.

Eu estava tomando um copo d’água na academia onde eu treino, entre um exercício e outro, quando, na sala ao lado (utilizada para práticas de artes marciais e aeróbica), um cartaz com o título de “Regras de Comportamento no Tatame” me chamou a atenção.  Entre os seus vários dizeres, reproduzo alguns a seguir:

  • Cumprimente o tatame antes de entrar.
  • Cumprimente o tatame antes de sair.
  • Mantenha uma atitude respeitosa dentro do tatame.
  • Durante a aula, enquanto o instrutor estiver demonstrando uma técnica, os alunos devem sentar-se, ou ajoelhar-se.
  • Caso você esteja atrasado, aguarde a permissão do instrutor para entrar no tatame.
  • Caso você precise sair do tatame antes do término da aula, favor pedir a permissão ao instrutor.
  • Conversas devem ser mantidas em tom silencioso e restritas ao assunto sendo discutido na aula.

Pensei comigo mesmo: Certo! Pois, haveria outra forma de conduzir uma aula, sem estabelecer a devida disciplina? Claro que não. Curioso, eu fui pesquisar regras similares de outras artes marciais, e encontrei várias, com o mesmo objetivo, ou seja, disciplinar o comportamento do aluno, objetivando o sucesso da prática.

Infelizmente, não se vê muita disciplina em salas de aula das escolas e faculdades, em geral. Há um tempo atrás, fui dar uma palestra numa turma de administração de uma faculdade (muito bem conceituada por sinal), mas pouco vi de disciplina. Quando entramos na sala de aula, o professor e eu, a turma estava em algazarra, que continuou, apesar da presença do professor, diminuindo um pouco, apenas, pela estranheza natural de verem uma pessoa diferente (eu). Quando o professor começou a falar, ainda se podia ver vários alunos conversando. Porém, quando eu comecei a falar, logo de cara disse que sabia que todos deveriam estar cansados (era uma turma da noite), mas que o assunto que eu falaria era interessante para eles, e que era preciso que todos colaborassem, prestando atenção. Fiz uma palestra com bastante energia, e, quando algum aluno conversava, eu, imediatamente, me aproximava dele, falando mais diretamente, ou mesmo, fazendo-lhe alguma pergunta. Resultado: a disciplina que utilizei proporcionou uma boa palestra!

As Empresas Precisam de Disciplina!

No meu livro 52 Bons Hábitos de Gestão, Liderança e Relações Humanas, no capítulo “Crie uma perspectiva positiva do futuro”, eu menciono o círculo virtuoso do time vencedor, que começa com “visão postitiva”, mas que tem a “disciplina” como um dos seus pontos fundamentais. Também, no tópico “Liderança Eficaz“, do GestaoIndustrial.com, eu menciono novamente a importância do círculo virtuoso do time vencedor, e, para relembrar, coloco, a seguir, a figura:

Círculo Virtuoso do Time Vencedor - Gestão Industrial

Se é preciso disciplina para um aluno aprender, é preciso disciplina para se executar bem um trabalho, é preciso disciplina para se manter um convívio saudável, é preciso disciplina para se obter bons resultados, é preciso disciplina para ser bem-sucedido. Portanto, uma Organização deve estabelecer disciplina, ainda que haja críticas de alguns, dizendo que isso “cerceia a liberdade” ou “oprime”, o que não é verdade, pois já vimos que “disciplina é liberdade“, e o objetivo é estabelecer padrões para alto desempenho, e atingimento de resultados. Assim como um time de futebol deve ter disciplina, se quiser ser campeão, uma Organização vencedora também deve estabelecer disciplina. Acontece que, equivocadamente, algumas pessoas confundem liberdade com bagunça ou desordem. O dicionário Aulete Digital dá uma boa definição de “disciplina”: Conjunto de princípios e métodos estabelecidos para o funcionamento adequado de qualquer instituição, atividade etc. Ou ainda, como diz o Michaelis On-line, disciplina é a obediência às normas convenientes para o bom andamento dos trabalhos.

Há sim, aqueles que preferem viver na desordem; estes, porém, não servem para trabalhar numa Organização eficiente e vencedora. Jim Rohn, um empreendedor e autor americano, disse que a disciplina é a ponte entre os objetivos e as realizações! É verdade, não consigo imaginar qualquer trabalho bem feito, sem disciplina. E você?


Comunicar Erro: Clique Aqui!


Autor: Rodrigo Vargas – Engenheiro mecânico (UFPR), pós-graduado em engenharia de man. mecânica (UFPR), pós-graduado em gestão empresarial (FGV), com mais de 17 anos de experiência em ambiente industrial, sendo mais de 13 anos ocupando cargos de gestão na indústria automotiva e eletroeletrônica; compartilhando conhecimento sobre gestão, há mais de 10 anos, através do portal GestaoIndustrial.com.


Copyright © 2009-2018 – Rodrigo Vargas e seus licenciantes - Material protegido - Para usos permitidos consulte os Termos de Uso. Infrações à lei e a estes Termos podem sofrer as penalidades cabíveis, na esfera civil e criminal.